Jornal ÉME – 23.03.24 – Luanda – A Vice-Presidente do MPLA, Luísa Damião, foi reconhecida, nesta sexta-feira (22) em Luanda, figura feminina de mérito pela sua actuação na política e por se destacar no trabalho desenvolvido na sociedade.

A premiação, uma iniciativa do Movimento de Apoio Solidário de Angola (Movangola) ocorreu por ocasião do Março-Mulher e visou prestigiar as lideranças femininas e o trabalho social desenvolvido por mulheres na mudança da realidade do seu País.

Ao tomar a palavra, Luísa Damião, dedicou o prémio a todas as mulheres angolanas, pela resiliência, determinação, e por serem as promotoras do desenvolvimento e guardiães da paz.

Na ocasião, realçou o mérito do Presidente João Lourenço, pela relevância na valorização do potencial das mulheres angolanas, “pela primeira vez o MPLA tem uma mulher na vice-presidência, igualmente, na vice-presidência da República de Angola, e na presidência da Assembleia Nacional”.

Ciente da vigência da missão e do compromisso que as mulheres têm nos diversos sectores da sociedade angolana, a dignitária, asseverou que “este reconhecimento aumentará as nossas responsabilidades para continuar a fazer cada vez mais e melhor o nosso trabalho”.

Na cerimónia de homenagem e condecorações às figuras femininas que mais se destacaram no ano de 2023, nos diferentes domínios político, social e cultural, o  Movangola, distinguiu, igualmente, figuras femininas, como, entre as quais a jornalista da TPA, Fernanda Manuel, e as integrantes do grupo musical, “As Gingas do Maculusso”.

Para além das homenagens o evento contou com animações culturais de vários cantores, designadamente, Celso Mambo, Dina Santos, Calabeto, Dom Caetano, as Gingas do Maculusso, e foi prestada uma singela homenagem póstuma ao cantor, Justino Handanga.     

Texto: NJ

Fotos: DG